Você, assim como a maioria das pessoas, sejam usuários ou concorrentes, não conseguem desvincular a pessoa de Mark Zuckerberg do Facebook, não é mesmo?
Já imaginou ele perdendo o cargo de CEO da empresa?
Não. Não existe nenhum movimento ou tentativa de golpe nesse sentido.
Ocorre que o conselho do Facebook, formado para proteger a empresa de qualquer ameaça, seja ela qual for, inclusive do próprio fundador, tem um plano B, caso Mark não possa mais continuar no cargo.
O plano B proposto, caso um dia, Zuckerberg deixar a empresa, é converter suas ações Classe B, que no caso do Facebook têm mais poder de voto, em ações Classe A, que têm menos poder de voto. Ou seja, ele iria manter a sua participação econômica de 14,8% na empresa, enquanto vê o seu poder de voto de 53,8% menor.
 

 


Uma canadense de 23 anos seguia à risca as orientações do GPS e acabou mergulhando com seu carro em um lago em Ontário.
Segundo ela, estava escuro e com um nevoeiro muito forte, por isso ela não percebeu o lago.
Por sorte conseguiu abrir o vidro e sair, antes que o veículo ficasse submerso.