Pois é, a  juíza Sandra Regina Nostre Marques, da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo/SP, concedeu medida cautelar determinando o bloqueio do aplicativo WhatsApp em todo o território nacional, pelo prazo de 48 horas a contar a 00:00 h dessa quinta feira (17/12/2015), atendendo a um pedido do Ministério Público.
O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal informou que as teles afiliadas, Claro, Vivo, Oi, Tim, Sercomtel e Algar Telecom já estão cientes e tem condições técnicas de atender à determinação judicial.