A imagem acima mostra a tela de sequestro que o malware Ransomware imprime nas máquinas infectadas.
É tudo muito bem arquitetado, organizado e não deixa rastros.
O valor pedido para que os arquivos voltem a ser utilizáveis é de US$300 por computador.
O tempo está passando e as notícias não são boas. A cada minuto vemos o problema se alastrar e paralisar mais empresas e serviços.
Ficamos na torcida para que serviços essenciais por aqui não sejam prejudicados.
Continuamos monitorando e voltaremos a postar tão logo tenhamos novidades.